Recuperação de Dados

Sistema RAID é realmente seguro?

Essa é uma daquelas perguntas que dependem de um contexto para serem respondidas. Contudo, dois pontos são importantes e devem ser considerados: a grande variedade de sistema RAID que existe no mercado e a facilidade de sua configuração.

Segundo a Forbes, em 2021, o mercado global de venda de servidores e storages deve atingir a impressionante marca de US$ 76,8 bilhões. Ou seja, um crescimento de quase 10% por ano. Esse crescimento se deu devido a adoção de novas tecnologias como, por exemplo, big data e tecnologia de alto desempenho.

No entanto, com a pandemia da COVID-19, houve uma pequena queda na receita do setor, mas, de acordo com a Aksje Bloggen, empresa norueguesa de serviços financeiros, o ano de 2021 será de forte recuperação. Além disso, a previsão para o setor de servidores e storages em 2025 é de um crescimento de 18%, atingindo uma receita de US$91bilhões.

Contudo, a pergunta que não quer calar: essas tecnologias embarcadas são suficientemente seguras? A resposta é SIM e o próprio crescimento da adoção de servidores e storages ao longo dos anos compravam isso. Mas, qual sistema RAID é mais seguro?

Qual Sistema RAID é mais seguro?

Todavia, para responder essa pergunta precisamos pensar em duas questões. A primeira está relacionada, especificamente, com o hardware. Isso porque, a maioria dos servidores configurados em RAID originalmente carregam as configurações RAID de fábrica, já prontos para uso. Contudo, dependendo da aplicação, os técnicos responsáveis pela implantação podem projetar uma frente diferente da oferecida originalmente com intuito de alinhar performance e confiabilidade. A segunda questão é, justamente, a necessidade de entender a demanda e escopo do projeto. Ou seja, a implantação precisa atender as conformidades técnicas.

O grande erro quando se configura um RAID

Quando falamos sobre “o grande erro”, não estamos atribuindo culpa, mas sim alertando o nosso leitor: RAID não é backup!

Ter em sua estrutura servidores configurados em RAID – ainda que estes tenham redundâncias – não garante a segurança dos seus dados. E, achar que isso basta, é correr o risco de colocar todas as suas informações em perigo. Afinal, ainda assim, elas podem se perder. Sendo assim, sempre aconselhamos que haja mais de um backup, já que a filosofia na área de recuperação de dados é a seguinte: quem tem um backup, na verdade, não tem nenhum e quem tem dois, tem apenas um. Por isso, é necessário ter um backup dentro e fora da estrutura, independentemente se o servidor estiver configurado em RAID ou não.

Inclusive, a negligência com o backup foi um dos fatores que trouxeram o tema ransomware à tona no mundo inteiro. Por isso, as grandes empresas têm começado a olhar para o departamento de TI com outros olhos, intensificando investimentos em hardware, mão de obra e segurança das informações.

Empresas fornecedores de tecnologia RAID

De acordo com o portal TI Inside, em 2020, houve um empate técnico entre HPE e DELL na geração de receita do mercado de servidores, tendo arrecadado US$3.5 milhões e US$3.3 milhões respectivamente. Em terceiro lugar, surpreendeu o avanço da Insupur Power Systems, empresa de origem chinesa, mostrando mais uma vez como a pandemia favoreceu a projeção da China em diversos segmentos. Assim, fechando o TOP 5 das empresas que mais venderam soluções no ano, temos a Lenovo com receita de US$1.46 milhão e IBM com US$1.44 milhão.

Veja abaixo a tabela a completa extraída do TI Inside:

CompanhiaReceita 2T20Participação de Mercado 2T20Receita 2T19Participação de Mercado 2T19Crescimento da Receita 2T20 / 2T19
T1. HPE / Novo Grupo H3C a *$ 3.582,414,9%$ 3.646,418,2%-1,8%
T1. Dell Technologies$ 3.339,813,9%$ 3.793,318,9%-12,0%
3. Inspur / Inspur Power Systems b$ 2.532,910,5%$ 1.431,07,1%77,0%
T4. Lenovo *$ 1.466,66,1%$ 1.212,36,0%21,0%
T4. IBM *$ 1.449,76,0%$ 1.188,65,9%22,0%
ODM Direct$ 6.917,628,8%$ 4.232,721,1%63,4%
Resto do Mercado$ 4.748,119,8%$ 4.563,522,7%4,0%
Total$ 24.037,1100,0%$ 20.067,8100%19,8%
Fonte: IDC Worldwide Quarterly Server Tracker, 8 de setembro de 2020

Dessa forma, como é possível visualizar, o mercado de servidores e storages está aquecido e com as vendas a todo vapor, não importando se são soluções para pequenas, médias ou grandes empresas. E, como apresentado anteriormente pela Aksje Bloggen, a previsão é que o mercado cresça ainda mais nos próximos anos.

Recuperação de dados em Sistema RAID

Em 2020, a HD Doctor decidiu criar um Departamento Especializado em Recuperação de Dados em Servidores com o objetivo de apresentar soluções efetivas, inclusive, para perda de dados de servidores de alta complexidade. Os investimentos em estrutura e mão de obra especializada ultrapassam marcas jamais vistas no mercado de recuperação de dados e, com isso, nos tornamos o maior centro provedor de tecnologia para recuperação de dados RAID da América Latina.

A HD Doctor conta com 3 Laboratórios completos – em Belo Horizonte – MG, Curitiba – PR e São Paulo – SP – e diversas unidades de recebimento de Norte a Sul do Brasil. Além de oferecer serviços para recuperar dados RAID, também trabalhamos com recuperação de dados de HD, SSD, cartão de memória, pen drive e dispositivo criptografado por ransomware.

Além disso, a HD Doctor oferece análise e envio gratuitos de dispositivo de qualquer lugar do Brasil. Sendo assim, se precisa recuperar RAID, confie em quem entende do assunto e possui mais 75.000 casos solucionados com sucesso. Contudo, se quiser mais informações sobre o nosso processo, entre em contato com um de nossos Especialistas no 0800 607 8700.

Entretanto, vale lembrar que a HD Doctor não trabalha com conserto de HD e sim com a recuperação de dados HD. Isso porque, não aconselhamos o uso da mídia após a mesma apresentar defeitos.

Finalizando, não deixe de seguir a HD Doctor nas redes sociais: InstagramFacebook e LinkedIn

Fonte: TI Inside e Forbes

Veja também

Post anterior
HD fazendo barulho? 4 razões para isso estar acontecendo
Próximo post
Backup em nuvem vs. Backup em HD
Você também pode gostar
Menu