Recuperação de DadosTecnologia

Segurança de dados: saiba como se proteger e recuperar arquivos perdidos

Publicação feita pelo Portal do Estado de Minas em 23 de Outubro de 2019

A modernização tecnológica e a popularização do digital vem tornando processos cada vez mais acessíveis e ágeis no dia a dia de pessoas e organizações. O cenário também aperfeiçoou as formas de armazenamento de dados, com mídias físicas e em nuvem que permitem tratar um volume maior de informação e dão lugar a novas estratégias de proteção de dados, além de requerer maior rigor e cautela na rotinas de gestão.

A preservação e segurança da informação pode e deve ser feita observando alguns critérios básicos. Especialistas em segurança de dados sugerem que pessoas e empresas tomem essas medidas para garantir a proteção das informações:

  • Primeiro, é importante trocar senhas periodicamente. Malwares, vírus ou até mesmo a instalação de programas podem colocar em risco a segurança dos seus arquivos. Mantenha o hábito de trocar todas as senhas de acesso a cada 6 meses, seguindo padrões diferentes como o uso de caracteres especiais, números e letras intercaladas entre maiúsculas e minúsculas. 
  • A segunda recomendação é ter muito cuidado com o acesso em redes de internet abertas. Essas redes podem conter plugins maliciosos que visam apenas “roubar dados” enquanto você se conecta e acessa via conexão sem fio.  
  • A terceira recomendação é não usar provedores de e-mail gratuitos para contas empresariais. Também é recomendado ter um bom firewall ativado para evitar a invasão de hackers. 
  • E, por último, mas não menos importante, tenha senhas de acesso em todos os meios onde você e sua empresa armazenam arquivos importantes. Planilhas, relatórios, notas e informações sigilosas de quaisquer natureza devem ser todas criptografadas e protegidas. 

Mídias físicas também requerem cuidados

O armazenamento de dados e arquivos sigilosos em discos rígidos, popularmente conhecidos como HDs, é uma excelente alternativa para quem quer ter fácil acesso aos dados. Contudo, é necessário ter cuidados especiais com a mídia para que ela não venha a ter problemas que resultem na perda ou a impossibilidade de acesso aos dados e informações.  

Como qualquer outro equipamento tecnológico, os HDs podem sofrer danos provocados por curtos internos, peças quebradas ou danificadas e até mesmo com a instalação de vírus que podem corromper arquivos importantes e estratégicos. 

Isso pode gerar prejuízos a arquivos pessoais ou, até mesmo, para informações operacionais de uma grande empresa. Assim, ao vivenciar problemas com arquivos armazenados em HDs, vale a pena contar com empresas especializadas em recuperação de dados para garantir uma maior possibilidade de sucesso no processo de recuperação das informações. 

A fotógrafa profissional Maristela Estrela prova que o auxílio especializado faz a diferença. Durante o processo de backup das fotos do casamento de uma cliente, o HD de Maristela sofreu um curto circuito na tomada, resultando na perda dos arquivos armazenados no dispositivo.  Como se tratava de um recurso de trabalho, que também armazenava imagens de outros clientes, foi necessário recuperar os arquivos com urgência. 

Durante pesquisas na internet e buscas por recomendações, a fotógrafa entrou em contato com  a HD Doctor. A empresa chamou a atenção já na pesquisa inicial pela internet, com imagens do laboratório e a explicação de todos os procedimentos realizados.  

“Vi todas as informações da empresa e entendi que se tratava de um serviço confiável. Decidi entrar em contato direto com eles e fiz o envio para a HD Doctor por meio do ponto físico de atendimento recomendado”, disse Maristela. Poucos dias depois do envio, a equipe técnica da HD Doctor entrou em contato com a fotógrafa para informar o resultado de recuperação de 98% de todo o material. “A pasta do casamento da minha cliente estava intacta, com todos os arquivos”, comemorou.

Pioneirismo na recuperação de dados em HD

Assim como a fotógrafa Maristela Estrela, centenas de pessoas e empresas vivem, diariamente, a experiência de ter arquivos armazenados em HD externos perdidos. Segundo Samir Mattar, diretor de operações  da HD Doctor, em 20 anos de existência a empresa já atendeu a diversos tipos de clientes, desde indivíduos comuns a procura de arquivos pessoais com valores sentimentais, até grandes empresas cuja perda de arquivos resultaria em grandes prejuízos para os negócios. 

A empresa nasceu pioneira em um cenário de poucos profissionais especializados no serviço de recuperação de dados em HD, e vale ressaltar que hoje possui mais de 60.000 casos solucionados em todo o Brasil. Além disso, os profissionais da HD Doctor já auxiliaram muitas das 50 maiores empresas do Brasil.  

“A HD Doctor começou pequena e veio se consolidando ao longo dos anos como uma empresa referência na recuperação das informações. Atendemos, ao longo desses quase 20 anos, desde pessoas com HDs pessoais, micro e pequenas empresas, até servidores de grandes corporações com a recuperação de banco de dados cujas informações seriam imprescindíveis para o funcionamento da empresa”, frisa Samir.

 Entre os cases de sucesso da empresa, estão presentes grandes nomes do ramo alimentício, de mineração, locação de automóveis e órgãos públicos. “Nosso trabalho é reviver a informação e atendemos casos que vão desde a recuperação de arquivos deletados até aqueles em que a falha no equipamento prejudica o acesso”, completou.

 Ainda segundo Samir, a empresa trabalha com atendimento emergencial com o intuito de atender casos que exigem maior urgência na recuperação dos dados.  Um exemplo são as  grandes empresas que possuem servidores interligados com o maquinário de produção e, nestes casos,  dependem da recuperação de dados para não pararem as operações. Para atender às demandas mais urgentes, tanto de pessoas físicas quanto de grandes corporações, a HD Doctor funciona em esquema 24 horas, 7 dias por semana. 

Com dois laboratórios, um em Belo Horizonte e outro em São Paulo, a HD Doctor conta com mais 13 unidades de atendimento para a coleta dos dispositivos em outros estados. A empresa faz a análise gratuita do material e trabalha com a recuperação de dados em HDs, SSDs, Servidores RAID e dispositivos criptografados. 

Mais informações sobre o serviço podem ser obtidas no site oficial da HD Doctor.

 

 

 

Veja também

Post anterior
Face App: entenda os riscos do app da moda
Próximo post
Ataques DDoS: saiba como funcionam e como se proteger
Você também pode gostar
Menu