Recuperação de Dados

Você sabe o que são Máquinas Virtuais?

Atualmente, devido ao crescimento massivo – e quase sem controle – da quantidade de dados no mundo, o armazenamento de dados têm se tornado um desafio diário para as grande corporações e, principalmente, para as empresas de armazenamento de dados que ainda utilizam dispositivos físicos para armazenar toda a massa de informação.

De acordo com informações divulgadas pela Forbes, estima-se que, em 2020, ultrapassaremos a marca de 44 trilhões de gigabytes de dados armazenados. Além disso, para termos uma ideia da velocidade de produção de dados, o volume de dados produzidos nos dois últimos anos ultrapassou toda a quantidade gerada na história da humanidade. E todo esse crescimento é o ponto central da discussão sobre “big data” que vem sendo difundida pelas empresas de tecnologia da informação.

De acordo com a Forbes, neste ano ultrapassaremos a marca de 44 trilhões de gigabytes de dados armazenados

Você já parou pensar sobre a quantidade de computadores e servidores que são necessários para armazenar, por exemplo, os dados do Google? Escolhemos o exemplo do Google exatamente por ser o maior banco de dados de pesquisas, fotos e vídeos do mundo e, quando imaginamos isso, temos a magnitude da situação. E, afinal de contas, onde estão armazenados todos esses dados?

Todas essas reflexões propostas anteriormente são para mostrar como as máquinas virtuais e os servidores virtualizados são de extrema necessidade levando em consideração o nosso cenário atual. E, estamos falando não só de otimização de espaços, mas também de redução de custos de armazenamento local (físico) e segurança. Mas, afinal, o que são as máquinas virtuais?

O que são máquinas virtuais?

Máquina virtual é um computador virtual rodando em um computador físico. E qual seria a vantagem desta tecnologia uma vez que existe a dependência de uma estrutura física para tem um ambiente virtual?

Nesse caso, imagine a situação a seguir: você precisa de 10 computadores em seu ambiente de trabalho, cada um com um sistema operacional e configuração diferente. Na prática, você precisaria de 10 computadores físicos no seu ambiente, certo? Bem, não necessariamente. Com um ambiente configurado e virtualizado, você precisará apenas de um computador de alto desempenho e boa armazenagem e, dessa forma, poderá ter a sua disposição 10 computadores virtuais com sistemas operacionais diferentes e configurados de acordo com a sua preferência.

Quais as vantagens de uma máquina virtual ou um ambiente virtualizado?

Como citado anteriormente, além da otimização de espaço físico, um ambiente virtualizado também fornece segurança e a possibilidade de emular vários ambientes. Além disso, é importante lembrar que existe ainda uma redução significativa de custo com equipamentos, energia elétrica e mão de obra.

Hoje em dia, as grandes empresas de tecnologia utilizam a virtualização em seus ambientes justamente pela facilidade de configuração e os benefícios oferecidos. Inclusive, temos percebido ao longo dos anos que o uso de máquinas virtuais tem crescido também em ambientes “home user”, o que gera uma democratização, trazendo benefícios ainda maiores para o mercado.

Quem são os principais desenvolvedores de máquinas virtuais?

Chamado de Hypervisors, os players que desenvolvem os softwares de virtualização já são figuras de sucesso no mercado de tecnologia, veja abaixo quais são:

  • Microsoft | Hyper-V;
  • Vmware;
  • SUSE;
  • Nutanix;
  • Red Hat;
  • Oracle VM;
  • Citrix | XEN Server;

Essas são as principais empresas desenvolvedores e que oferecem suporte para pequenas e grandes empresas. Além disso, são provedores de treinamento e qualificação de mão de obra avançada para configuração, implantação e difusão de toda a tecnologia desenvolvida.

Curiosidades sobre máquinas virtuais

Você sabia que o termo “máquina virtual” surgiu na década de 1960? Parece absurdo, mas em 1964 o termo foi amplamente discutido nos corredores da IBM, empresa multinacional americana de tecnologia e consultoria. Inclusive, teve até protótipo rodando nos Mainframes da gigante IBM naquela época.

Quais são as extensões mais comuns?

  • VMDK;
  • VDI;
  • VHD;
  • VHDX;
  • AVHD;
  • AVHDX;
  • FLAT;
  • DELTA;
  • SNAPSHOT;

Quais são os problemas mais comuns em máquinas virtuais?

  • Erro humano;
  • Falha mecânica nos equipamentos;
  • Ataque hacker;
  • Sistema operacional corrompido;
  • SNAPSHOT inacessível;
  • Exclusão de arquivos;
  • Formatação da VM;

Recuperação de dados em máquina virtual

A HD Doctor, empresa com mais de 20 anos no mercado de recuperação de dados, tem se posicionado como a maior provedora de soluções em ambientes virtualizados. Já recuperamos mais de 10 mil máquinas virtuais com índice de sucesso acima dos 90% nos casos recebidos. Independentemente do problema e da quantidade de dados nas máquinas virtuais, nossa equipe de engenheiros e especialistas está pronta para o desafio e, tenha certeza, na HD Doctor fazemos todo o possível para alcançar o sucesso em todas as nossas tentativas de recuperação de dados.

Ainda que você tenha recebido um diagnóstico negativo de outra empresa, temos disponibilidade em reavaliar e criar uma solução customizada e exclusiva para recuperar máquinas virtuais. Entre em contato com um de nossos especialistas no 0800 607 8700 e solicite uma análise gratuita e sem compromisso.

Lembrando que a HD Doctor trabalha com recuperação de dados em diversos dispositivos. Portanto, se precisa recuperar dados HD, SSD, cartão de memória, servidor RAID, dispositivo criptografado ou máquina virtual, confie em quem é referência nacional em recuperação de dados. São 20 anos de experiência e mais 75.000 clientes satisfeitos em todo o Brasil.

Não deixe de nos seguir nas redes sociais: instagramfacebook e linkedIn.

Posts Relacionados:

Problemas que causam perda de dados em servidores RAID

É possível recuperar dados de servidores danificados?

Recuperação de dados em tempos de coronavírus

Veja também

Post anterior
RAID 5: o que é e quais suas particularidades
Próximo post
Recuperação de Dados em Florianópolis: nova unidade
Você também pode gostar
Menu
Open chat